quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Conta de luz ficará mais cara em 2012 para financiar usinas eólicas


Reajuste é consequência da entrada de 11 empreendimentos no Proinfa.
Consumidores de todo país poderão começar o ano de 2012 com um aumento de 0,4% na conta de luz. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decide elevar para o próximo ano as cotas de custeio do Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa), informa reportagem do jornal O Globo.
Segundo a publicação, todos os consumidores de energia elétrica pagam o custo do Proinfa, exceto os de baixa renda. Segundo a agência reguladora, o reajuste foi consequência da entrada de 11 empreendimentos de geração de energia eólica no programa.
Em contrapartida, haverá um aumento na geração de energia das usinas eólicas no próximo ano, que deverá atingir 11.237.858 de megawatts-hora (MWh), um acréscimo de 7,37% em relação a 2011.
O objetivo do Proinfa é aumentar a participação de fontes alternativas renováveis, entre elas de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), eólicas e termelétricas a biomassa, na matriz energética brasileira.
Fonte: Ceará Agora
Postar um comentário