quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Coordenador da APEOC em Martinópole diz que nem a secretária de educação do município sabe se tem recursos para pagar abono salarial para professores.


Nesta quarta-feira (13), entrevistamos o coordenador da comissão da APEOC em Martinópole o senhor Leonardo, nosso objetivo é saber quais foram as conquistas, as expectativas para o próximo ano e saber como está a relação da comissão com a gestão municipal.
Em suas declarações o mesmo disse que o legislativo é alheio aos interesses da população e fica preso aos interesses do poder executivo, até a secretária de educação do município não sabe com antecedência do que vai ser feito dos recursos do FUNDEB caso haja um saldo positivo.
Veja agora uma síntese da entrevista:
ACONTECE: Como é a relação da APEOC com a gestão municipal?
LEO: Posso considerá até o momento como boa.
ACONTECE: Você já foi chamado atenção ou sofreu ameaças por defender os interesses dos profissionais da educação?
LEO: Sim, chegaram a dizer que meu cala boca é dinheiro, sofri ameaça tipo perder meu emprego caso fosse contratado.
ACONTECE: Você pode dizer o nome da pessoa que te fez ameaças?
LEO: Sim, mas que fique em off.
ACONTECE: Esta pessoa é do poder legislativo, executivo ou de outro setor:
LEO: Do legislativo.
ACONTECE: Quais foram as conquistas da APEOC / Martinópole?
LEO: Conquistas como o recebimento da diferença salarial retroativo ao início do ano, adicional noturno para os vigias e já estamos com a promessa de ganharmos uniformes para alguns funcionários.
ACONTECE: Leonardo, você sabe nos dizer porque os funcionários do município de Martinópole não recebe salário família, haja visto que isso é legal?
LEO: Já procurei saber o motivo, até solicitei que esse caso fosse visto como prioridade, mas acredito que o motivo do não pagamento, é falta de vontade da própria gestão municipal.
ACONTECE: Você tem conhecimento do valor da folha de pagamento dos profissionais do magistério (60%) ?
LEO: Não, mas vou procurar saber e marcar uma reunião com os sócios.
ACONTECE: Qual foi o valor total do FUNDEB previsto para Martinópole este ano?
LEO: Aproximadamente cinco milhões de reais, mas até o mês de Outubro o município tinha recebido três milhões e alguma coisa a qual não me recordo no momento.
ACONTECE: Os professores do fundamental básico dois, irão receber a diferença salarial conforme o piso, não pago no inicio deste ano?
LEO: Estamos na expectativa que sim, pois é um direito dos professores, assim rege o plano de cargos e carreira dos profissionais do magistério do município.
ACONTECE: É Possível que os professores receba abono salarial este ano?
LEO: Acredito que nem a secretária da educação saiba.
ACONTECE: Só tem direito ao abono salarial os profissionais do magistério que estão lecionando ou coordenando dentro das escolas, por exemplo, quem está de licença não tem direito. Você tem conhecimento de alguém que tenha recebido de forma ilegal?
LEO: Existe na relação da prestação de contas no Portal da Transparência nome de pessoas que não exerce a função de professor, mas que recebe dos 60%.
ACONTECE: Existe alguma ação movida pela APEOC / Martinópole contra a gestão municipal?
LEO: Ainda não.
ACONTECE: O que os sócios podem esperar da sua pessoa como representante?
LEO: Muitas coisas boas, não vou medir esforços vou até onde der, caso contrario entrego o cargo.
ACONTECE: O que você espera dos sócios?
LEO: Que assumam o compromisso, principalmente no que diz respeito as obrigações, como pagar suas mensalidades para que possamos providenciar as carteirinhas de sócios para podemos desfrutar de benefícios como descontos em estabelecimentos comerciais no estado do Ceará que tenham parceria com nossa associação.
ACONTECE: Quantos sócios estão cadastrados atualmente e quantos estão cumprindo com suas obrigações?
LEO: 215 cadastrados, mas apenas 38% estão em dia.
ACONTECE: Muito obrigado pela entrevista, agora deixe suas considerações finais.
LEO: Eu que agradeço e peço que conte sempre com a APEOC, também gostaria de pedir que os senhores vereadores nos ajude, pois foi o povo que os elegeram para representar-los e hoje estamos observando o desempenho deles para que na próxima eleição possamos dar nossa nota.
Quero aproveitar a oportunidade e desejar boas festas a todos e que o ano de 2012 seja repleto de realizações.
Postar um comentário