segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

QUALIDADE DA ÁGUA FORNECIDA PELA CAGECE EM MARTINÓPOLE DEIXA CONSUMIDORES DESCONFIADOS.


Muitos moradores da cidade de Martinópole preferem utilizar água do chafariz para beber em vez da água fornecida pela CAGECE, tudo isto por conta da cor e turbidez da água.
 Já tínhamos postado anteriormente uma matéria sobre a frequente falta de água no município de Martinópole, mas nossos internautas não ficaram satisfeitos e pediram que postássemos uma matéria sobre a qualidade da água fornecida pela CAGECE.
 Esta é a cor da água distribuída aqui em Martinópole, é possível que você não perceba porque possui uma caixa d'água, pois as partículas ficam no fundo da caixa, porém quem recebe água diretamente nas torneiras já deve ter visto uma água turva e cheia de partículas suspensas, quando não é possível detectar as partículas na água logo no inicio, deixe a mesma de um dia para o outro em um recipiente.
Para saber se a água tem qualidade é necessário que os resultados das análises das amostras seja comparados com os padrões estabelecidos pela portaria 518 do Ministério da Saúde; que você pode verificar na sua conta d'água.
Se desconfiar que a água que você recebe em sua casa não está conforme os padrões ou se você se sente prejudicado, entre em contato com as entidades reguladoras e fiscalizadoras pelos fones: 0800 285 1919 ou 0800 275 3838.
Se possível guarde um pouco desta água em um recipiente de vidro limpo para que você possa mostrar como prova.
Na escola as crianças aprendem que água pura é aquela que não tem sabor, cheiro e cor.
Recomendamos a você usuário que instale um filtro na sua torneira, o valor varia de R$ 25,00 a R$ 50,00 e pode ser encontrado nas lojas de material de construção.
Gostaríamos de deixar bem claro, que não estamos afirmando que a água distribuída pela CAGECE em Martinópole é imprópria para o consumo, mas orientar a população e tirar suas dúvidas. Se a entidade se achar no direito de resposta nosso endereço eletrônico é: martinopoleacontece@gmail.com
Postar um comentário