sexta-feira, 1 de junho de 2012

PSDB vai à Justiça contra participação de Lula e Haddad no Ratinho

O PSDB vai entrar na Justiça Eleitoral contra a participação do ex-presidente Lula e de seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad (PT), no programa do Ratinho, do SBT, alegando que houve propaganda eleitoral antecipada.
O partido vai protocolar uma ação no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) na segunda-feira. Em nota, disse que o fará para defender " realização de eleições limpas, justas, de acordo com a lei e o respeito à igualdade entre os candidatos".
Haddad (à esq.) participa do Programa do Ratinho, do SBT
Ontem, Lula deu uma entrevista de cerca de 40 minutos ao apresentador Carlos Massa, o Ratinho. Haddad foi chamado para o palco no fim da entrevista e falou sobre a cidade de São Paulo e suas propostas.


No programa, Lula admitiu a possibilidade de disputar a eleição presidencial em 2014, se a presidente Dilma não quiser tentar a reeleição, para evitar que um "tucano volte a governar o Brasil".
O nome de José Serra, pré-candidato do PSDB à Prefeitura e principal adversário de Haddad na disputa municipal foi citado por Ratinho, após Lula falar sobre os tucanos. "José Serra, você está lascado", disse o apresentador.
Durante o programa Haddad foi elogiado por Lula e Ratinho. "Ele é bonitão", disse o apresentador do SBT sobre o petista. Já Lula afirmou que Haddad "já entrou na história como o ministro da Educação que mais criou escolas técnicas neste país".
Em nota, o PPS também afirmou que vai denunciar o pré-candidato na Justiça Eleitoral. "A lei não permite que um pré-candidato, acompanhado de seu principal cabo eleitoral, transforme um programa de televisão em um palanque de campanha", afirmou em nota Roberto Freire, presidente do partido. 
Fonte: Folha.com
Postar um comentário