segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

GESTÃO DE LUIZIANNE DEIXA DÍVIDA DE R$ 375 MILHÕES


De acordo com os secretários de Planejamento, Finanças e o procurador geral de Fortaleza, o socialista Roberto Claudio ao assumir a prefeitura da cidade herdou uma dívida de R$ 375 milhões, deixada pela gestão de Luizianne Lins. A informação contradiz a ex-prefeita, que afirmou ainda como prefeita que iria entregar a prefeitura com saldo de “pelo menos” R$ 400 milhões.

O secretário de Planejamento de Fortaleza, Jurandir Gurgel explicou que o valor da dívida ainda não é exato, pois vai depender de contratos que ainda são avaliados para serem considerados válidos e poderem ser pagos.

Obras inacabadas também foram heranças entregues para atual gestão, que terá a responsabilidade de concluí-las. O maior gasto será com as obras de mobilidade urbana para a Copa das Confederações, em 2013, e Copa do Mundo, em 2014. Só para as obras da Copa, o município precisa de R$ 430 milhões.

Para melhorar a situação de dívida do município, os secretários estudam reduzir gastos e cobrar dívidas de contribuintes com a cidade. Além da possibilidade haver corte em parte dos cerca de 27 mil servidores terceirizados da prefeitura de Fortaleza. Também deverá ser elevada e cobrada a arrecadação fiscal, intensificando a cobrança da dívida ativa da prefeitura, que se trata da recuperação de verba que pessoas físicas e jurídicas devem à cidade.

Via Cearaagora



Postar um comentário