sábado, 27 de abril de 2013

“A JUSTIÇA TIROU O DIREITO DOS PAIS EDUCAREM SEUS FILHOS”



Fazendo uma leitura no blog do colega Eliomar uma matéria prendeu minha atenção, resolvi compartilhar com nossos leitores para que cada um possa fazer uma reflexão sobre o que disse dona Irene. Cada caso é um caso, mas acho interessantes suas palavras, porém não vale como fim de regra. Leia.


Mais antiga moradora da comunidade Cacimba dos Pombos, no Pirambu, a servidora federal aposentada Irene Pirapora Ribeiro, 84, diz que o aumento do número de jovens na criminalidade seria culpa da própria Justiça.

Não havia filho mandando nos pais ou ameaçando os pais no tempo em que os pais tinham o direito de educar seus filhos. Agora a Justiça tirou o direito dos pais educarem seus filhos. Não se pode dar uma palmada educativa, nem ao menos gritar para o filho”, comentou a mulher, que integra a Federação do Movimento Comunitário do Pirambu (Femocopi), a Federação das Entidades das Áreas de Risco de Fortaleza (FEARF) e o Conselho de Saúde Guiomar Arruda.

Tenho uma filha de 59 anos, que sempre me obedeceu e me respeitou. Mesmo quando ela casou e teve dois filhos, a educação que eu dei para ela prevaleceu”, ressaltou.

Moradora de uma das áreas mais violentas de Fortaleza, a mulher de 84 anos afirma que muitos jovens ingressaram no crime, depois que os pais perderam a autoridade sobre seus filhos. “Antes diziam que era melhor o menino apanhar em casa, que apanhar da Polícia. E agora?”

O que achou?

Fonte: Blog do Eliomar. 

 
Postar um comentário