segunda-feira, 22 de julho de 2013

GOVERNO INVESTE MAIS DE R$ 241 MILHÕES EM RODOVIAS NO PRIMEIRO SEMESTRE



O Governo do Estado do Ceará investiu somente no primeiro semestre de 2013 aproximadamente 290 quilômetros da malha rodoviária melhorando as rodovias estaduais. As obras entre duplicação e pavimentação, em trechos como Pacajus-Acarape (CE-253), Pacatuba-Redenção (CE-060), Variante da Refinaria (CE-085), Miraíma-Caracará (CE-176), entre outros. Visa proporcionar uma maior segurança aos motoristas que circulam diariamente pelas CEs. Foram investidos nestas ações cerca de R$ 241.002.537,44.

Outros 153 Km estão concluídos, são eles: Tarrafas-Assaré (CE-375), Palmácia-Pacoti (CE-065), Jaguaribe-Entr. CE-153 (CE-275), Entr. CE-187 Tauá-Aeroporto Regional (CE-176), Cedro-Vázea da Conceição (CE-574), Cedro-Santo Antônio (CE-284). e Catarina-Cachoeira de Fora (CE-277). De acordo com o superintendente do Departamento Estadual de Rodovias – DER, Sérgio Azevedo, o Governo do Estado investiu R$ 71.276.548,11 nestas obras.

Atualmente o Governo estadual tem à disposição cerca de R$ 1 bilhão para obras de implantação e restauração de rodovias cearenses. O Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV consiste na ampliação e melhoria da malha rodoviária do Ceará, desenvolvimento de planos de fortalecimento institucional e, capacitação de servidores do DER e pretende melhorar a integração regional e a logística econômico-produtiva, através de intervenções previstas na malha viária, proporcionando maior acessibilidade aos Polos de Desenvolvimento e integração dos grandes eixos viários de escoamento da produção, portos e aeroportos do Estado.

O valor destinado é de US$ 504.116.667, sendo US$ 400 milhões financiados pelo BID e US$ 104.116.667,00 de contrapartida do Estado, valores estes referentes a primeira etapa do programa.
Serão pavimentados 587,10 km de novas rodovias em todo o Ceará. As obras irão beneficiar cerca de 35 municípios, além da redução dos custos operacionais de transporte e a melhoria da integração regional entre as diversas regiões do Estado, as obras gerarão durante a sua execução três mil empregos diretos e mais de dez mil indiretos. O Governo irá restaurar 1.417,50 km, previstos também no programa. A ação beneficiará diretamente 50 municípios em todas as microrregiões do Ceará, gerando 3.500 empregos diretos na fase de obra.

Com informações da  Assessoria de Comunicação do DER-CE.


Postar um comentário