domingo, 13 de outubro de 2013

CIRO PEDIU UMA NOVA VISTORIA, APÓS O MINISTÉRIO PEDIR RESTITUIÇÃO DE R$ 819 MIL AOS COFRES FEDERAIS

O Ministério da Saúde realizou nova vistoria no Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, e constatou que os equipamentos que supostamente haviam sumido da unidade estão no local.

A inspeção foi realizada nesse sábado (12/10), a pedido do secretário estadual de Saúde, Ciro Gomes (PROS), após uma auditoria do Ministério apontar sumiço de aparelhos e pedir a restituição de R$ 819 mil aos cofres federais pela ausência dos equipamentos.

Ciro guiou a visita por todos os setores do hospital, mostrando os equipamentos, que foram comprados com recursos federais. Ele criticou o processo de auditoria e atribuiu a constatação de sumiço dos equipamentos ao fato de parte deles estar encaixotada na época da vistoria.

Porém, o secretário de gestão estratégica e participativa do ministério, Odorico Monteiro, reafirmou que os equipamentos não haviam sido encontrados, mas que agora foi constatada a presença deles e será feito um novo relatório. O pedido de ressarcimento de recursos deverá ser cancelado.

Em entrevista aos jornalistas, que acompanharam a visita ao hospital, Ciro Gomes chamou de “canalha” o procurador Oscar Costa Filho. O procurador garante que irá propor ação de improbidade administrativa contra a Secretaria de Saúde por causa das irregularidades apontadas no relatório, que consta de inquérito do Ministério Público Federal.

Em nota, o Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) informa que o procurador Oscar Costa Filho concederá entrevista coletiva nesta segunda-feira (14/10), a partir das 9h30, para apresentar à imprensa providências a serem adotadas pelo MPF com relação à auditoria realizada pelo Ministério da Saúde no HRN, além de anunciar novas medidas relativas à fiscalização da gestão da saúde pública no Ceará.


Fonte Ceará Agora


Postar um comentário