sexta-feira, 25 de outubro de 2013

OITO UPAS INSTALADAS ESTÃO FECHADAS E OUTRAS CINCO COM OBRAS PARALISADAS HÁ MAIS DE UM ANO NO INTERIOR DO CEARÁ

Foto: Diário do nordeste
Instaladas e em fase de conclusão, 13 Unidades de Pronto Atendimento (Upas) ainda permanecem fechadas no Interior do Ceará. Para serem inauguradas, é preciso seleção, contratação de pessoal, aquisição de equipamentos e definição do modelo de gerenciamento. A população sofre com a falta de assistência básica adequada de saúde na maioria dos municípios. As Upas têm por objetivo atender casos de urgência e emergência, funcionando 24 horas, inclusive finais de semana.

Se estivessem funcionando, as Upas poderiam reduzir o tempo de espera no atendimento em hospitais locais e a transferência de pacientes para outras cidades. A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) faz um esforço para inaugurar até o fim do próximo mês oito unidades nas cidades de Pentecoste, Horizonte, Tauá, Crateús, Aracoiaba, São Gonçalo do Amarante, Canindé e São Benedito.

Outras cinco unidades estão em conclusão nas cidades de Aracati, Iguatu, Juazeiro do Norte, Russas e Quixadá. Mais de 90% das instalações já foram realizadas desses projetos. “O nosso esforço é para inaugurar todas as Upas até o fim do ano”, disse o secretário de Saúde, Ciro Gomes.


Com informações Diariodonordeste
Postar um comentário