domingo, 4 de maio de 2014

PROFISSIONAIS DE SAÚDE SÃO TREINADOS PARA ENFRENTAR AMEAÇAS DURANTE A COPA

Profissionais de saúde que trabalharão durante a Copa do Mundo FIFA 2014 em Fortaleza participam de segunda a sexta-feira, 5 a 9 de maio, no Hotel Mareiro, Avenida Beira Mar, 2380, Meireles, da oficina de capacitação em ameaças Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares (QBRN), promovido pelo Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e Coordenação Geral da Força Nacional do SUS. O treinamento está sendo realizado em todas as cidades-sede dos jogos da Copa para capacitar os profissionais de saúde na identificação dos principais agentes QBRN, uso de equipamentos de proteção individual, atendimento pré-hospitalar e hospitalar e manejo de pacientes vítimas de ataques.

Os três primeiros dias da oficina serão destinados ao treinamento dos profissionais das vigilâncias de saúde (sanitária, epidemiológica e ambiental), de promoção da saúde e dos laboratórios de saúde pública do Estado e do município. Os outros dois serão dedicados à assistência médica, envolvendo os profissionais dos hospitais de referência que serão porta de entrada para vítimas de QBRN e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Os profissionais serão preparados para identificar os agentes QBRNE, avaliar cenas de crime, coletar provas, mitigar e desarmar dispositivos de dispersão e lidar com outros perigos potenciais relacionados a estes agentes e com diferentes e potenciais ameaças químicas, biológicas, radiológicas, nucleares e de explosivos que possam vir a enfrentar em grandes eventos.

A oficina vai capacitar 100 profissionais de saúde, sendo 50 da área da assistência e 50 da vigilância. Participarão do treinamento profissionais de saúde dos hospitais retaguarda – Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital São José, Instituto Dr. José Frota (IJF) e Instituto do Câncer –, da Vigilância Sanitária, do Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen).

(Assessoria de Comunicação da Sesa)
www.facebook.com/SaudeCeara


Postar um comentário