quarta-feira, 25 de junho de 2014

EM CAMOCIM, POLÍCIA MILITAR RESPONDE RÁPIDO E CAPTURA ACUSADO DE TER ESTUPRADO MULHER NA PRAIA DAS BARREIRAS.

Desde que tomaram ciência do crime de estupro ocorrido na manhã de domingo, 22, na Praia das Barreiras, policiais militares do Ronda e da FTA Motos caíram em campo à procura do elemento que praticou o repugnante e revoltante ato. Muitas informações chegaram até os pm’s e com elas alguns nomes de suspeitos, todos checados e averiguados um por um.

Já durante a manhã de terça-feira, 24, uma equipe do Ronda sob o comando do Cabo Gerado Filho recebeu mais informações e com elas fizeram um levantamento minuncioso, chegando até o acusado. Já sabendo de quem se tratava, os pm,s do Ronda e da FTA Motos se reuniram e bolaram a estratégia para a captura do acusado e por volta das 07h30 da noite chegaram até a residência do mesmo, localizada no bairro Rodagem do Lago, e efetuaram sua prisão. Trata-se de um velho conhecido da polícia identificado como Arileudo da Costa, 36 anos, vulgo “Louro da Mazé”, que inclusive já cumpriu pena por vários anos na cadeia pública de Camocim. No momento da prisão a mãe do acusado teve um ataque de nervos, passou mal e foi socorrida pelos próprios policiais ao HDMA.

“Louro da Mazé” foi conduzido para a DPC de Camocim onde foi reconhecido pela vítima e por algumas testemunhas que viram o momento em que o acusado arrastava a vítima nua para o matagal.


O Camocim Polícia 24h foi informado pelos policiais que o acusado teria arrastado a vítima totalmente nua até um matagal ao lado da AABB e lá teria praticado o sinistro. Após ter praticado o crime, o acusado teria dado sua bermuda e uma blusa para a vítima vestir e ir embora, lhe ameaçando caso ela relatasse o fato para alguma pessoa.
Após ouvir os policiais, a vítima, as testemunhas e o acusado, o delegado Dr. Márcio resolveu pedir a prisão temporária do indivíduo, conforme inquérito policial nº 218/2014, baseado nos Art.157 na modalidade tentada (tentativa de assalto), bem como no Art. 213 do CPB (estupro).

Obs: Segundo informações da polícia, a vítima relatou que devido a escuridão e o nervosismo teria confundido no primeiro momento a altura e a cor do elemento, dando características morena ao indivíduo, porém quando viu o acusado na DPC logo o reconheceu pelo rosto e pela tatuagem da folha de maconha em sua mão, vindo inclusive a passar mal, já que junto vieram todas as tristes lembranças do ocorrido.


Efetuaram a prisão:

Ronda do Quarteirão: Cb Gerardo Filho, Sds Paulo, Edgar, Domingos, Mauro, Valternei e Reis.
FTA Motos: Cb Rivelino, Sds Osman, Cardoso e Fernandes.

Imagens e informações Camocim Polícia 24h


Postar um comentário