segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

SILENCIAR A MÍDIA É ROUBAR A VOZ DO POVO!

Por Perceval Carvalho
E quem pensava que a lei da mordaça somente serviria para silenciar o programa de rádio se enganou redondamente.

O autoritarismo é um mal que sempre rondou a humanidade e é intrínseco ao caráter humano. Para contê-lo existe a lei, ou, pelo menos, deveria.

Os homens e mulheres de bem deste planeta jamais irão vangloriar-se da injustiça, do autoritarismo e de qualquer forma de violência e intolerância, seja ela política ou religiosa.

A democracia pressupõe a liberdade de expressão e não há maior violência contra a humanidade do que o cerceamento desse direito. Aqueles e aquelas que fazem uso desta prática, desumana e irracional, muitas vezes, argumentam superioridade racial, religiosa, etc e assim cometem atrocidades contra seres humanos tal e qual o fez Hitler durante o holocausto.

Pessoas dotadas de caráter e de inteligência jamais permitirão que a intolerância e o autoritarismo sobrepujem a liberdade de qualquer povo.

No entanto, temos que estar atentos e atentas para os espasmos de autoritarismo que, vez por outra, ainda insistem em emergir dos velhos e podres porões da mediocridade, da covardia e da fraqueza nossa de cada dia.

Fechar jornal, programa de rádio, ameaçar jornalistas, blogueiros, por criticar é típico daqueles que não aceitam as diferenças e têm as suas características pessoais como sinônimo de superioridade. Com este pensamento desacatam, torturam, violam, assassinam e tentam, a sua maneira, transformar os diferentes ou aqueles e aquelas que simplesmente pensam de forma diferente em marginais.

Portanto, todos devemos nos preocupar quando a liberdade de livre expressão for cerceada. Esta é uma violência não apenas contra um veículo de comunicação, mas contra toda a sociedade.

Toda forma de violência contra o nosso Povo, a nossa Gente, deve ser combatida. Sempre que alguma injustiça for cometida contra qualquer do Povo deve ser rigorosamente punida de forma a desestimular a violência, seja ela contra quem quer que seja.



Postar um comentário