quarta-feira, 29 de julho de 2015

A MOROSIDADE E UM JOGO DE EMPURRA EMPURRA



Olá caros leitores, vou falar sobre o que tenho em mente sobre dois projetos que tramitam na Câmara de vereadores de Martinópole. Hoje fazendo buscas vi uma nota na pagina da Câmara que fala sobre a redução da CIP.

Posso afirmar que a redução da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), é bem vinda para qualquer cidadão contribuinte, porém se faz necessário que o próprio consumidor que consume acima de 70KWh (setenta quilowatts-horas) tenha a plena consciência que é preciso tomar algumas medidas para reduzir os gastos com a energia.

Quem realmente sofre e sente na pele é aquele pobre de baixa renda que só tem uma geladeira e uma TV em casa, e é se tiver, tendo que pagar uma conta de valor vultoso para sua realidade.

Não conheço a fundo a Lei municipal que trata deste assunto, mas gostaria de conhecer e sugerir que os possuidores de unidades consumidoras residenciais, cujo consumo de energia elétrica mensal não ultrapasse a 70 KWh (setenta quilowatts-horas) seja isentos do pagamento da CIP. Uma saída que agradaria quem precisa e estimularia a economia de energia.
Vou aproveitar que sou colaborador do Blog Acontece e conversar com pessoas de baixa renda que já deveria está usufruindo do beneficio Conta Paga e ouvir o que eles pensam sobre o assunto.

Em breve divulgaremos o vídeo com depoimentos das pessoas de baixa renda as quais deveriam está sendo beneficiadas com o referido Projeto há quase três meses engavetado na Câmara de Vereadores.


Postar um comentário