quarta-feira, 19 de agosto de 2015

DUAS NOVAS PROMOTORAS DE JUSTIÇA TOMAM POSSE NO MPCE



A 3ª Sessão Solene do Egrégio Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), realizada na manhã desta quarta-feira, dia 19, deu posse e exercício no cargo de Promotor de Justiça de Entrância Inicial a Nara Rúbia Silva Vasconcelos, que assumirá a Comarca de Araripe, e Cibelle Nunes de Carvalho, que assumirá a Comarca de Acaraú.

        A solenidade foi presidida pelo procurador-geral de Justiça do Estado do Ceará, Ricardo Machado. Também compuseram a mesa, o corregedor-geral do MPCE, Marcus Tibério Castelo Aires; a ouvidora-geral do MPCE, Maria Magnólia Barbosa da Silva; a 2ª vice-presidente da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), Liduína Maria de Sousa Martins; e a secretária dos Órgãos Colegiados do MPCE, Sandra Viana Pinheiro.

        Em seu discurso de posse, a promotora de Justiça Cibelle Nunes, que estava no cargo de juíza de Direito no Estado do Acre, destacou a satisfação em assumir o novo cargo no seu estado de origem. "Satisfação não só por estar perto dos meus familiares e amigos, mas principalmente em poder representar e defender os interesses do povo cearense", afirmou, acrescentando o desafio da luta por fortalecer o Ministério Público Brasileiro.

        A promotora de Justiça Nara Rúbia Vasconcelos, em seu discurso, mostrou o orgulho em fazer parte da Instituição que é uma das mais respeitadas e de maior credibilidade no País. "Estou honrada e espero fazer jus ao dignificante trabalho exercido pelos meus precedentes e deixar uma marca aos que me sucederão", afirmou.

        A 2ª vice-presidente da ACMP, promotora de Justiça Liduína Maria de Sousa Martins, destacou os desafios dos membros do MPCE. "Temos que melhorar e muito nossas condições de trabalho. São muitas dificuldades e dissabores, acredito nos altos e baixos do ser humano, mas faz parte do crescimento. E serão muitos finais de semana devotados aos processos. Mas é uma profissão gratificante, nobre, e todos, especialmente familiares e filhos, terão orgulho da sua profissão. Não é fácil, mas é muito compensadora", destacou.

        O procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, também citou a responsabilidade e o orgulho da profissão. "Felizes são aqueles que tem a gratíssima oportunidade de trabalhar com o que gosta, com prazer. E esta instituição ministerial dará a todos nós régua e compasso para além de sermos felizes, fazermos principalmente a felicidade de outro, dados os instrumentos que estão postos à nossa disposição", afirmou, parabenizando as novas promotoras empossadas e agradecendo a comissão organizadora e idealizadora do concurso público de ingresso à carreira de membro do MPCE.

Do blog: - “Enquanto isso nossa martinópole sempre na esperança de um dia contar com um(a) promotor(a) que fique no mínimo duas vezes por semana em nossa cidade.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Postar um comentário