quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A PREFEITA ERIKA CRISTINO SUSPENDE AÇÃO CONTRA CALAZAR EM COREAÚ E VAI ACIONAR O MPCE



Alvo de crítica e ataques na rede social Facebook por conta de uma decisão de retirar das ruas do município de Coreaú um grande número de cachorros doentes, que já causaram 5 casos de calazar, a prefeita Erika Frota Cristino resolveu cancelar a ação e acionar o Ministério Público e a Secretaria de Saúde do Estado para que tome as devidas providências sobre o caso dos animais e dos ataques sofridos por pseudos defensores dos animais.

Comunicado

“Venho por este intermédio comunicar à população de Coreaú que decidi cancelar a vinda da carrocinha do Centro de Zoonose do Estado para Coreaú, programado para os dias 24 e 25 de fevereiro.

Tomei esta decisão diante das distorções que alguns defensores dos animais provocaram nas redes sociais atacando de forma desmedida a minha pessoa, além de emitirem opiniões grosseiras sobre um assunto do qual elas não tem profundidade sobre a nossa intenção, a realidade de Coreaú e o problema de saúde pública que os animais doentes nas ruas estão nos trazendo.

Antes de tomar a decisão, tive a preocupação de comunicar a representante do Ministério Público no município e pedir os equipamentos da Secretaria de Saúde do Estado para realizar esta operação.

O destino dos animais não seria uma decisão minha, e a decisão de fazer a ação foi tomada por uma equipe de técnicos que me comunicaram da necessidade. Não tenho a menor intenção em promover a matança de qualquer animal doméstico, como injustamente me acusaram. Tenho animais de estimação na minha casa e tenho um amor desmedido por eles. Quem me conhece sabe bem disso.

Desta forma, nesta terça-feira (23), comunicarei a Promotora de Justiça os motivos do cancelamento, bem como apresentarei os nomes das pessoas que se dizem defensoras dos animais que usaram as redes sociais para me desrespeitar e desrespeitar os direitos humanos em nome da defesa dos animais. Entregarei a responsabilidade, a partir de agora, para a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará que saberá lidar melhor com este tipo de episódio.”

Via correiosobralense
Sobral 24hs


Postar um comentário