sábado, 4 de junho de 2016

ENQUANTO O GOVERNO DO CEARÁ AMPLIA A MALHA VIÁRIA DO ESTADO RODOVIAS FICAM SEM MANUTENÇÃO.

O governo do Estado do Ceará tem priorizado a construção de novas estradas e recuperação de outras já existentes, assim o Governo do Ceará tem investido pesado na ampliação malha viária do estado.
Somente nos três primeiros meses de 2016, aproximadamente 297 quilômetros de obras foram concluídas, entre pavimentações e restaurações, envolvendo aporte financeiro de R$ 199.643.329,38, oriundos do empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Contudo, não tem sido o suficiente para sanar os problemas ocorridos todos os anos com a falta de manutenção das rodovias cearenses. Seja tampando buracos ou batendo o mato do acostamento, o problema se repete.

A CE-085, que liga os municípios de Jijoca de Jericoacoara, Granja, Camocim, Barroquinha e Chaval é um exemplo da falta de manutenção.
Os buracos obrigam manobras perigosas por parte de motoristas e motociclistas, transformando a viagem em uma aventura arriscada, principalmente quando há cruzamento de veículos.
O motorista que percorrer toda rodovia terá que ter muita paciência e sorte para chegar ao destino sem prejuízo e sem sofrer acidentes. Destacamos aqui dois trechos: um que fica dentro do município de Granja especificamente do posto da policia rodoviária estadual até a escola técnica Guilherme Telles e entre os municípios de Camocim e Barroquinha. Isto não significa que os demais trechos estejam cem por cento.
NOVO INVESTIMENTO DE QUASE R$ 1BI NAS RODOVIAS CEARENSES

Segundo informação publicada nesta sexta-feira 03, na pagina do Departamento Estadual de Rodovias-(DER), o Governo do Estado fechou mais um contrato de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID para viabilizar melhorias em toda a malha viária estadual. O valor destinado para o Programa Viário de Integração e Logística é de US$ 250 (duzentos e cinquenta milhões de dólares), sendo US$ 200 milhões financiados pelo BID e US$ 50 (cinquenta milhões de dólares) de contrapartida do Estado. De acordo com o coordenador do Ceará IV, Quirino Ponte, os valores são referentes a novas obras que terão início em 2017 com conclusão previstas até 2020. Veja acessando aqui.

Do Blog: - "O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará, responsável pela sinalização, precisa não só fiscalizar os veículos que nas rodovias trafegam, mas também verificar se a sinalização está visível aos motoristas, já o Departamento de Estradas e Rodagens (DER), não deve se preocupar apenas com ampliação da malha viária, mas também com a manutenção de estradas estaduais, assegurando a proteção para quem nela transita".
Com informações DER-CE

Postar um comentário