domingo, 14 de maio de 2017

PROCURADOR DE BORROQUINHA RECEBE NOTA DE REPÚDIO DA CÂMARA DE VEREADORES POR FAZER DECLARAÇÕES NAS REDES SOCIAIS

A Câmara de Vereadores de Barroquinha, emitiu uma Moção de Repúdio contra o Procurador Adjunto da prefeitura Rildo Veras, pelo fato de o mesmo ter feito declarações através de redes sociais ofendendo o vereador Amanajás de Araújo Pereira e sua esposa a qual ocupa um Cargo Comissionado no referido município.

Esta não é a primeira vez que o Procurador Adjunto da prefeitura de Barroquinha Rildo Veras vem causando mal estar entre membros do grupo do prefeito Ademar Veras. Depois de mandar recado através de postagem na sua página no facebook, dizendo que quem não concordasse com os rumos da administração pulasse fora do barco, o procurador agora foi deselegante e agressivo em áudio no WhatssApp:

“... as pessoas tem que se reportarem e ficarem na sua pequenez. Ora, p... de C..... 2020 a criatura que não sabe ligar nem um computador nem abrir um e-mail tem condições de administrar a secretaria de saúde. Talvez vá administrar a secretaria de saúde igual como o marido administrou a secretaria de esporte tá respondendo por improbidade administrativa e crime, parte criminal. Mal administrou a secretaria de administração já vem as contas reprovadas com nota de improbidade administrativa...”.
Ouça o Áudio:

Em sessão realizada na última quarta-feira 10, os vereadores da Câmara Municipal de Barroquinha aprovaram por unanimidade uma NOTA DE REPÚDIO contra o Procurador Adjunto da prefeitura Rildo Veras por tais declarações.

Dentre as ofensas, segundo foi denunciado em sessão do Legislativo, o procurador desrespeitou o Edil Amanajás de Araújo através de áudio divulgado via WhatsApp, inclusive difamando e injuriando o aludido vereador e rotulando o mesmo juntamente com sua esposa de “incompetentes”, comportamento incompatível com o importante cargo de procurador adjunto daquele município. Veja clicando AQUI.

Na Nota de Repúdio requerida pelo vereador David Alves, assinada pela presidente da Câmara, a vereadora Mercedes Izquierdo, e mais oito vereadores, documento já enviado ao prefeito Ademar Veras (PTB), é explicitado a conduta do procurador adjunto Rildo Veras.

Ainda segundo a nota, o procurador Adjunto do município, Dr. Rildo Eduardo Veras Gouveia, faltou com respeito, não só com o vereador Emanajás de Araújo Pereira, mas com todo poder legislativo que representa de fato e de direito a população barroquinhense.
Com Barroquinha Agora


Postar um comentário