quinta-feira, 29 de junho de 2017

CAMOCIM: XXIX FESTIVAL DE QUADRILHAS INICIA AMANHÃ, (30),

Dupla sertaneja Bruno & Marrone será a grande atração na
1ª noite do evento (Foto: Ilustrativa/Reprodução Internet)
Começa nesta sexta-feira (30) e prossegue até o domingo (02), na Praça do Odus, o XXIX Festival de Quadrilhas de Camocim, no Litoral Oeste do Ceará. O evento, promovido pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Cultural, promete movimentar moradores locais e de cidades da região com apresentações de grupos juninos e atrações musicais regionais e nacionais. A entrada para a diversão é gratuita.

Segundo organizadores, uma infraestrutura com barracas de bebidas e comidas típicas, além de palco e iluminação será montada no local. O município também se preocupou em elaborar um plano de segurança, que vai garantir a tranquilidade de todos.

Durante as três noites, sempre a partir das 18 horas, quadrilhas juninas vão se apresentar ao público e jurados. Esse ano, a festa contará com a participação de 14 grupos de dança das cidades de Fortaleza, Sobral, Uruoca, Morrinhos, Granja e Camocim.

O festival de Camocim contará ainda com shows artísticos, após as apresentações das quadrilhas juninas. Na primeira noite, caberá a dupla sertaneja Bruno & Marrone abrir a série, seguida pelo cantor Felipão. No segundo dia, as atrações serão as bandas Lagosta Bronzeada e Forró Real.

O encerramento ficará por conta da cantora Taty Girl e do cantor Avine Vinny. Ao longo dos três dias do chitão, haverá a participação do DJ Pedro Cell.

Segurança e Renda

A Secretária Amanda Coelho (SECULT) afirma que durante os três dias, as famílias camocinenses e visitantes, terão apoio na segurança e infraestrutura: “Este ano, o nosso Festival de Quadrilhas, promoverá às pessoas da cidade e de outras localidades, diversão e muita alegria. Também contaremos com o apoio dos Agentes de Trânsito assim como da Guarda Municipal, além do apoio da Polícia Militar do Estado”, destacou Amanda Coelho, enfatizando também a geração de renda para os trabalhadores das barracas de comidas típicas que estarão em torno das dependências da Praça do Ódus, além de toda a cadeia econômica envolvida no turismo e eventos.

Com Folha Granjense


Postar um comentário