sábado, 24 de junho de 2017

JIJOCA DE JERÍ: LINDBERGH EXIME SUA GESTÃO DE CULPA POR AUMENTO DA TAXA DE ILUMINAÇÃO

Em publicação na sua pagina (Facebbok), o prefeito Lindbergh Martins, se posicionou sobre convênio estabelecido na gestão anterior com a ENEL (antiga COELCE), que segundo ele fundamentou em cobranças abusivas para a população jijoquense.

Lindbergh juntamente com o Deputado Sérgio Aguiar e o vereador Raimundo Torquato, estiveram reunidos esta semana com o diretor da ENEL, Sr. Carlos Falconiere para tratar dos seguintes assuntos:

1 - Desvinculação das cobranças abusivas e respeito a nova lei, sancionada nessa gestão, no dia 05 de junho. A lei já deve passar a vigorar esse mês, onde em todas as contas a cobrança taxa de iluminação pública deve ser a mínima;

2 - Organização das contas que tem chegado divididas em duas contas. Esse fato tem causado transtornos a parte de nossa população;

3 - Realização de uma AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA PRESTAR ESCLARECIMENTOS E OUVIR AS DEMANDAS DA POPULAÇÃO.

Segundo o prefeito a reunião foi 100% proveitosa. “ Para todos os assuntos, a resposta foi positiva, onde o próprio diretor se comprometeu a resolver as questões e comparecer ao município para fazer a audiência, trazendo esclarecimentos e ouvindo a nossa população!”, publicou Lindbergh.


Lindbergh acrescentou que sua gestão “não tem culpa pelo que está acontecendo” e que tentará cumprir sua promessa de campanha de cobrar um valor justo. A nova lei, sancionada em sua gestão, no dia 05 de junho já deve passar a vigorar esse mês, onde em todas as contas a cobrança taxa de iluminação pública deve ser a mínima.


Postar um comentário