segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Téo Menezes pede a MP-CE para adiar depoimento.

Deputado é acusado de irregularidades em campanha e ligação com escândalo dos banheiros.


O deputado estadual Téo Menezes (PSDB) pediu o adiamento de seu depoimento no Ministério Público Estadual marcado para esta segunda-feira, às 17h, sobre suspeitas de envolvimento no escândalo dos banheiros populares.

O deputado está sendo investigado por suposta participação no escândalo, em que há denúncias de irregularidades em convênios firmados para a construção de kits sanitários no Interior do Estado.
Téo Menezes é acusado de ser beneficiado por repasses irregulares em sua campanha eleitoral de 2010. Todos os envolvidos nas denúncias de desvio do dinheiro que deveria construir banheiros em vários municípios cearenses fizeram doações para a campanha do deputado estadual do PSDB.
Segundo a Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) do Ministério Público do Ceará, a justificativa de Téo Menezes foi sua participação numa audiência pública a ser realizada hoje, às 18h, em Aracati, para discutir a criação de um presídio naquela cidade.
O depoimento acontecerá na sexta-feira, 9, às 15h. Segundo a Procap, o deputado não possui mais a prerrogativa de pedir adiamento da oitiva.
Fonte: CNEWS.COM
Postar um comentário