sexta-feira, 18 de novembro de 2011

POR QUE ALGUNS MUNICÍPIOS PAGAM ABONO SALARIAL AOS PROFESSORES?


 A pedido dos nossos leitores, estamos reprisando esta matéria para que você fique mais informado sobre o abono salarial dos profissionais do magistério.


Depende de como está sendo aplicado o dinheiro do FUNDEB- Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, se cada município tem no orçamento um valor x para  o pagamento de professores e por acaso este valor está dentro do estipulado (60% do valor do Fundeb por exemplo) e ainda assim houver reserva, neste caso o município devolve aos cofres da federação ou paga em forma de abono para os professores, afinal, a fatia deste dinheiro só pode ser utilizado para o pagamento dos profissionais do magistério.
Está previsto que pelo menos 60% do Fundeb deve ser destinados ao pagamento de profissionais do magistério que estão em atividade dentro da escola (como professores, coordenadores e diretores). Os 40% do restante podem ter outros destinos.
O QUE OS PREFEITOS E GOVERNADORES PODEM FAZER COM O FUNDEB?
Salários e cursos, reformas, bens e serviços, estatísticas, credito (empréstimos feitos pela a escola), material e transporte.
O QUE OS PREFEITOS E GOVERNADORES NÃO PODEM FAZER COM O FUNDEB?
Pesquisas externas, assistencialismo, administração pública, saúde, obras externas e desvio de função,  pagamento de salário de educador que não ocupa o cargo devido dentro da escola ( o professor que atua como coordenador pedagógico por exemplo).
CURIOSIDADE:
Cada estado define quanto do total arrecadado será aplicado em cada município levando em consideração a quantidade de alunos que deve ser igual ou maior ao valor minimo nacional por aluno.
Se a prefeitura ou o governo julgarem necessário, podem gastar até 100% do dinheiro com salários dos profissionais do magistério.
Na verdade até agora não sabemos se existe algum governante que aplique 100% do fundo para os profissionais do magistério. Você conhece algum?
Aqui em Mart só se fala, mas pagar de verdade só Deus sabe, talvez quando mudarmos de representantes, quem sabe!
Mais informações acesse:http://revistaescola.abril.com.br/swf/animacoes/exibi-animacao.shtml?fundeb/fundeb.swf.
Postar um comentário