sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA FEDERAL PRENDE QUATRO PESSOAS E APREENDE CARGA DE CIGARROS AVALIADA EM CINCO MILHÕES.



Durante a madrugada de quinta/sexta-feira (20/21), o comandante da 3ªCIA/3ºBPM, Major Assis Azevedo, comandou com êxito uma operação policial em conjunto com a Polícia Federal do Piauí que culminou com a prisão de quatro pessoas e a apreensão de uma carga avaliada em torno de R$ 5.000.000,00.
Os policiais desencadearam a operação no início da noite de quinta-feira, 20, e reuniu cerca de 17 policiais militares e 09 policiais federais.
Militares e federais já vinham investigando os modus operacionais da quadrilha há meses. Na noite de quinta-feira, policiais da Delegacia de Polícia Federal de Parnaíba receberam uma informação que um grande carregamento de cigarro contrabandeado sairia naquela noite da região litorânea de Chaval ou Barroquinha.
Rapidamente policiais militares da 3ªCIA/3ºBPM em companhia dos policiais federais montaram uma operação para tentar interceptar e apreender o produto contrabandeado. Os policiais se dividiram em equipes e por toda a noite percorreram a região em um serviço inteligente e também paciente. Já por volta das 04h30 da manhã de sexta-feira, 21, a polícia recebeu uma informação que o material já havia sido desembarcado em dois caminhões e uma Scânia no município de Chaval, em um lugar conhecido como “Porto do Sal”. A informação também dava conta que o material teria como destino a cidade de Fortaleza e passaria por Barroquinha, Camocim e Granja. Diante da informação o Major Assis posicionou os PMs na entrada de Granja em um local estratégico para que assim fosse apreendida a carga e detidos os caminhoneiros. Minutos depois os três veículos apontaram na CE-085 e logo na entrada da cidade de Granja eles foram abordados e com eles foram apreendidos todo o material. O carregamento de cigarro de marcas variadas seria proveniente do Suriname e foi avaliada em torno de R$ 5.000.000,00. Os condutores dos dois caminhões e da Scânia foram identificados como:
Israel Brito Barros, 33 anos, natural e residente em Parnaíba, motorista do caminhão de cor branca e placa MWL-3720;
Daniel Santos de Oliveira, 33 anos, natural e residente em Parnaíba, motorista da Scânia de cor branca e placa LWK-5199;
Israel Santos de Oliveira, 29 anos, natural e residente em Parnaíba, motorista do caminhão vermelho e placa OIC-1044.
Fernando da Cunha Fontenele, 36 anos, natural de Chaval e residente em Parnaíba, ele acompanha um dos motoristas.
Fernando Cunha repassou para o Camocim Polícia 24h que foi ele quem havia acertado o frete. Ele falou que um homem que não conhece ligou para ele e perguntou por quanto ele levaria três cargas de cigarro da cidade de Chaval para Fortaleza. Fernando disse que faria o transporte da carga por r$ 9.000,00.
Com o preço acertado o contratante orientou a Fernando que ao se aproximar de Chaval, ali estaria um homem em uma moto que o levaria até o local onde estava a embarcação com o produto. Fernando e seus companheiros chegaram ao “porto do Sal” por volta das 09h30 da noite de quinta-feira e somente por volta das 11h30 foi que embarcação chegou abarrotada de cigarros. Todo o cigarro foi colocado por cerca de 15 homens nos veículos e deixaram o local cerca de 02h30 da madrugada já de sexta-feira.
Segundo Fernando, o contratante do frete ainda teria dito que a mercadoria iria para Fortaleza e que quando eles chegassem na entrada da capital, ali estaria um homem no posto de combustível “Lago Verde” esperando pra lhes levarem para o destino da carga, destino esse desconhecido pelos caminhoneiros.
Mediante todo relato, os quatro homens foram escoltados por policiais federais e por policiais militares sob o comando do Major Assis, até a cidade de Parnaíba, onde serão feito os procedimentos cabíveis na Delegacia de Polícia Federal.

Fonte: Blog Camocim Policia 24hs


Postar um comentário