sexta-feira, 30 de maio de 2014

Senador Eunício Oliveira se diz vítima de perseguição



O senador Eunício Oliveira (PMDB) manifestou indignação após a Polícia Federal realizar investigações na Câmara Municipal de Fortaleza e na Sede do PMDB na capital. A batida policial aconteceu nessa quinta-feira (29/05) sobre possível uso da máquina da Casa para beneficiar pré-candidatura do senador ao Governo do Ceará.

O peemedebista classificou a denúncia como fruto de “arapongagem”, insinuou que acusações viriam de “partidos que não querem ouvir a sociedade” e afirmou ser vítima de perseguição.

“Quanto medo, quanta assombração o PMDB está causando. Eu, sinceramente, estou pasmo e indignado, nem na ditadura nós vimos partido político sendo invadido”, disse Eunício ao comparar a ação da PF com a repressão existente durante a ditadura militar.
 

Fonte: Ceará agora



Postar um comentário