segunda-feira, 9 de junho de 2014

MATÉRIA DO FANTÁSTICO MOSTRA RETRATO CONTUNDENTE DA CORRUPÇÃO NO BRASIL, NAS PALAVRAS DE GENTE QUE CONHECE POR DENTRO AS TRAMOIAS DA POLÍTICA.


O Fantástico mostrou ontem (08) um retrato contundente da corrupção
no Brasil, nas palavras de especialistas. Gente que conhece por
dentro as tramoias da política.
Episódios como a “Máfia do Asfalto” e o “Tapete Negro” já não causam
espanto em um país com tantos escândalos políticos. Ainda assim, a
reportagem da Rede Globo revelou detalhes sórdidos de alguns casos
de corrupção na reportagem do programa. E poderia até ter ocupado
maior espaço na pauta. Porém, como a própria matéria mostra, a
situação é ainda pior em outras terras e em outras esferas.
O juiz Marlon Reis criou um personagem para relatar em um livro baseado
no depoimento de mais de 100 parlamentares. Dentre eles, o de um
deputado que escancara o esquema de compra de votos com segurança,
pois revela que a população não tem força para contestar nada.
Infelizmente, no cenário atual nem um bom político teria força para fazer um bom
trabalho quando partidos e interesses de terceiros estão amarrados
em cada assinatura ou decisão tomada.
As ameaças existem para quem ousar sair da trilha já traçada, mesmo
que em benefício da comunidade ou dos direitos humanos. Na teoria,
isso foi mostrado na reportagem do Fantástico. Na prática, podemos
citar que dois presidentes que desafiaram o padrão nos Estados
Unidos foram mortos em área pública.
Já aqui no Brasil, podemos acreditar que fomos nós que tiramos um deles
do poder pintando as caras. Mas quando voltamos às ruas no ano
passado, pode se dizer que a jurisprudência não foi aplicada.


Postar um comentário