sexta-feira, 17 de abril de 2015

PADRE PREFEITO DE JIJOCA DE JERICOACOARA ESCAPA DA CASSAÇÃO



Relatório que pedia a cassação do prefeito de Jijoca de Jericoacoara – a 294,9 km de Fortaleza –, Francisco Lindomar Filomeno, foi rejeitado nesta quarta-feira, 15, pela Câmara de vereadores do Município. A votação rachou o plenário e terminou em seis votos contrários e cinco a favor. O gestor era acusado de fraudar licitações durante o exercício de 2013.

O relatório votado foi elaborado após Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Casa apurar denúncias de suposto desvio de verba pública. Segundo o relatório da CPI, licitações da gestão continham documentação falsificada, além do estabelecimento de preços superiores ao do mercado, “causando sérios prejuízos ao erário”.
“Os trabalhos desta CPI não deixaram dúvidas de que o indiciado cometeu inúmeras condutas reprovadas pela legislação”, continua o documento. Segundo a assessoria parlamentar da Câmara de Jijoca, documentos colhidos durante o processo já foram encaminhados ao Ministério Público.

Apesar dos argumentos, a maioria dos legisladores não considerou o prefeito culpado pelas supostas irregularidades.


Vereadores que votaram a favor do relatório da CPI: Lindbergh Martins (SDD); Marquinhos Luzia (PMDB); Roberto Canuto (PMDB; Valdir Nonato "Belisco" (PT); Edilardo Pinto "Bidú" (PMDB).
Vereadores que votaram contra o relatório da CPI: Antônio Carlos "Cacau" (PSDB); Jakson Keille; Arnoldo Dias (PROS); José Ivan "Zé Ivan"; Raimundo Nonato Neto"Nonato Diogo" (PSD); e José Valdenes Penha (PMDB).

Fonte: O Acaraú



Postar um comentário