quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

LÉO, AMANTE DE FABÍOLA, GANHA PERDÃO DE SUA ESPOSA E ELES VIAJAM PARA OS ESTADOS UNIDOS.



Amantes: Léo e Fabíola
Nesta terça (15) a internet foi tomada por uma história de traição protagonizada por um casal de Contagem, MG. Documentado em fotos, vídeos e “prints”, o caso gerou repercussão e ficou no topo dos assuntos mais falados nas redes sociais. Carlos Eduardo desconfiou que a sua esposa, Fabíola Barros, o estivesse traindo e resolveu segui-la. Veja (aqui).

DINÂMICA DOS FATOS

A mulher saiu de casa, na tarde de segunda, dizendo que ia ‘fazer a unha’. Desconfiado, após pegar algumas mensagens no celular de Fabiola, o marido a seguiu até que ela entrou numa caminhonete (Volkswagen/Saveiro Cross, cor preta, placa PUU-1646) e o veículo se dirigiu a um motel. Carlos, então, aproveitou a abertura do portão para entrar e descobrir a traição com Alexandre Emerick Resende – conhecido como Léo – , que é cunhado da irmã de Fabíola e amigo da família.
Casal: Carlos e Fabíola (Reprodução Facebook)
Revoltado, Carlos descontou toda sua fúria no veículo do “amigo da onça”. Para-brisa e as janelas laterais foram destruídas. A lataria também ficou bastante prejudicada. Um terceiro amigo chegou de carro, logo depois e filmou tudo. Nos videos viralizados no Whatsapp, pôde-se ver, ainda, o marido agredindo a mulher, puxando-a pelos cabelos e empurrando-a, aos gritos e xingamentos: “Sai desse carro senão eu vou te matar!” Puxa ela pra fora do veículo pelos cabelos e a empurra “Você vai fazer unha, vai?” Em outro trecho, fala para o amante: “Eu esperava qualquer coisa dela, mas de você eu não esperava isso não”. Acuado dentro do carro, “Léo” acompanhou os acontecimentos e ao ser questionado sobre o que tinha ido fazer no motel disse: “viemos conversar”.
Fábiola
Pivô de toda situação, Fabíola Barros, que é gerente do Banco Santander, além de ser agredida, ainda teve sua privacidade invadida, ao ser exposta nas redes sociais e julgada por milhares de pessoas. Curiosamente, contou na delegacia, onde o caso foi parar, que não sofreu violência alguma do marido, o que infelizmente é atitude comum nesse tipo de caso. Alexandre também não registrou ocorrência dos danos sofridos no veículo.
Anatomia da putaria
Esse é um exemplo ruim, não pela conduta moral feminina, que não deve ser julgada, mas pela perpetuação do estereótipo machista, onde homens infiéis são “pegadores”, enquanto as mulheres na mesma situação são “desfrutáveis”.

Consultado sobre o caso, o advogado e consultor Cristiano Tebaldi confirma que há uma diferença entre estar moralmente errado e criminalmente errado. “A lei não distingue homens de mulheres em direitos e obrigações. A traição é uma conduta socialmente condenável, contudo não constitui um crime”, afirma.

QUEM COMETEU DELITO FOI O MARIDO

É bem verdade que não podemos polarizar a discussão, pois de certa forma todos os envolvidos estão errados em algum nível, porém, ironicamente, o marido traído é quem acabou cometendo diversos ilícitos de natureza cível e criminal.

“Desde crimes contra o patrimônio, com a quebradeira de bens, a ameaça e violência física contra a mulher, além do absoluto direito constitucional a privacidade e honra violados por este marido traído”, informa. “são muitos e irreparáveis os danos sofridos por Fabiola, infinitamente maiores do que a legítima e compreensível dor da traição sentida por Carlos Eduardo, mas que não se justificam em hipótese alguma com a absurda exposição que ele deu ao caso, em seu próprio prejuízo, inclusive”, finaliza Cristiano.

A lei existe para nos proteger da barbárie e honra não se lava com sangue, violência ou humilhação pública. Honra se preserva com exemplos.

Acontece é que o marido traído está muito triste com toda essa exposição, na cidade de Contagem MG todos estão desrespeitando o jovem trabalhador. O rapaz foi obrigado a desativar sua conta no Facebook devido a alta exposição.

Familiares pedem a todo custo que as pessoas retirem os indícios da traição das redes sociais, mas acontece é que o vídeo virilizou muito rápido. Amigos temem que o marido de Fabíola Barros se suicide. Na cidade onde eles moram ninguém mais fala em outra coisa a não ser da traição e do barraco no motel.
Realmente é uma situação muito complicada para o casal. Ficou uma situação vexatória para ambos.

RESULTADO

- O marido da Fabíola está muito abalado com toda a situação. A exposição da traição da sua mulher com o marido de sua irmã repercutiu mais que o esperado.
- Quem que divulgou vídeo da esposa saindo do motel com amante pode ser processado.
- O (ex?) amante de Fabíola conseguiu o perdão de sua esposa e os dois foram passar temporada fora do Brasil, longe da polêmica.
- Léo, em foto que se tornou assunto de meme. Publicidade.
- O caso de traição de Fabíola continua dando o que falar.
- A mulher flagrada traindo marido com amigo "não quer sair de casa".

Com Informações: Blasting News


Postar um comentário