sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

5 SINAIS DE QUE UMA PESSOA “AGRADÁVEL” SECRETAMENTE TEM INTENÇÕES CRUÉIS:

“Querida, se você vai ser duas caras, pelo menos faça uma delas ser bonita.” – Marilyn Monroe


A falecida Marilyn Monroe era uma atriz e modelo bela e talentosa; e, como se vê, bastante perspicaz sobre a manipulação pessoal, ela quase certamente vivenciou de perto a manipulação. A Sra. Monroe possuía a beleza, fascínio e, sim, a fortuna, que gritava: “Aproveitem-se de mim!” Mas, apesar de sua infame reputação de interpretar personagens “loiras burras”, ela era uma juíza astuta de caráter.

Este artigo não é sobre Marilyn Monroe. Mas compartilhamos uma coisa em comum: somos todos vítimas potenciais aos olhos dos manipuladores.

Eles vão sorrir, falar inocentemente, ao mesmo tempo fazendo uma tentativa deliberada de enganar e controlar nossas mentes. Infelizmente, esses manipuladores muitas vezes conseguem seu objetivo.

Então, qual é a solução? É complicado, mas simples: devemos permanecer conscientes daqueles que nos rodeiam, sem hesitar em tomar a ação apropriada.

Discutiremos 5 sinais de um tipo muito comum de manipulador: uma “pessoa legal” com intenções diabólicas.

Aqui estão 5 sinais de que uma pessoa agradável secretamente tem intenções negativas:

1.As conversas são sempre unilaterais

Isso não é surpresa. Pessoas agradáveis ​​com intenções cruéis são programadas para dominar as discussões. Pessoas comuns, pelo menos tentarão se engajar em um diálogo. Manipuladores deste tipo não devem ser considerados pessoas comuns quando se refere à conversa humana.

Aqui está a ressalva. Se o manipulador perceber um fracasso em suas táticas de conversação, planejará algum outro método para alcançar seus objetivos. Em alguns casos, tal tática é o interesse súbito e inexplicável em sua vida e “no que está acontecendo” com você.

Não se engane, esse comportamento enigmático tem uma explicação: ele é egoísta e manipulador. Manipuladores são tão focados em si mesmos que, eventualmente, o foco dialético vai brilhar de volta para eles.

2.Exigências constantes

Outro talento que manipuladores deste tipo possuem é a capacidade de colocá-lo para baixo. Eles vão fazer demandas incessantemente. Por quê? Porque seu ego reconfortante os convence de que seus métodos “superiores”, por mais mal concebidos que sejam, prevalecerão sobre o senso de autocontrole de seu alvo.

Não permita que isso aconteça. Desafie suas palavras enquanto se recusa inflexivelmente a participar de seu jogo. Você vai ganhar esta batalha, mas só se for forte o suficiente.

3.Usar a persuasão como um jogo

Os manipuladores têm uma inclinação para a persuasão – se esses desvios são ou não eficazes é irrelevante. Eles pensam que são, e isso é tudo o que você precisa saber.

A persuasão e a pressão podem ser armas potentes, especialmente quando a vítima não tem aptidão no discernimento. Além disso, as pessoas que têm dificuldade em dizer “não” podem ser vítimas (às vezes conscientemente) de tal persuasão.

Use seu melhor julgamento, e – independentemente de quão difícil pode ser – reúna a força para dizer não.

4.Contato visual e linguagem corporal anormais

Previsivelmente, alavancar nossa interpretação do contato visual sustentado pode ser uma arma para manipuladores. Para muitos de nós, um olhar firme e confiante indica confiabilidade. As pessoas falsamente “agradáveis” entendem este efeito psicológico – e, claro, usam a sua vantagem.

Então, há o lado oposto do espectro. O contato visual forçado (isto é, “longo e desconfortável”) do manipulador indica frequentemente uma finalidade oculta; mais especificamente, manipular alguém a fazer o que ele quer. Preste atenção a esses padrões.

Se eles coincidirem com outras excentricidades, esta pessoa – no mínimo – requer um senso de cautela. Novamente, julgamento e lógica devem ditar o nosso próximo curso de ação.

5.Sentir-se “ruim” depois de conversar com ele

Há momentos em que é necessário confiar ou questionar seus “instintos de intuição”. Esta é uma função lógica do cérebro humano – questionar as coisas. Ao lidar com uma “pessoa agradável”, que é qualquer coisa menos agradável, esta é certamente uma resposta adequada.

É preciso repetir que as pessoas manipuladoras emitem um senso de confusão e mística para as pessoas que encontram. Como mencionado acima, a comunicação é uma poderosa arma de manipuladores. Sua capacidade inata de interromper padrões de pensamento normais é uma das razões pelas quais tantos caem em seus truques

Confusão, raiva, frustração e mal-entendidos estão entre os pensamentos e sentimentos negativos que você pode experimentar depois de conversar com essa pessoa.

Um dos dois fatos permanece: (1) a personalidade do outro não ressoa com a sua própria ou (2) a outra pessoa possui noções manipuladoras. De qualquer maneira, elas não devem ser consideradas um aliado.

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Power of Positivity
Postar um comentário