quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Número de analfabetos no Ceará está acima da média brasileira


A quantidade de analfabetos no Ceará supera a média nacional, é o que informa os dados do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (16). São 18,8% da população com mais de cinco anos que não sabem ler ou escrever no Estado, contra a média brasileira, que é de 9,7%.

O Censo 2010 mostra que a região onde mais há analfabetos é a dos Sertões Cearenses, com 28,1%. Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) há o melhor índice de alfabetizados, resultando em 10,1%. Comparando à média nacional, a diferença parece ser pouca, porém, são mais de 47 mil pessoas que não sabem ler ou escrever no Ceará.

Nenhum dos 184 municípios cearenses está abaixo da média nacional de analfabetismo. Os índices ainda são muito altos, porém, os números mostram que o ensino básico no Estado tem se mostrado mais eficiente que há 10 anos, ainda que de forma lenta.

No ano de 2000, o Ceará tinha cerca de 37% de pessoas analfabetas com mais de cinco anos. A população aumentou, mas os números caíram. Em 2010 o índice de analfabetismo é de 18,8% e em 2000 eram 37%, ou seja, a taxa caiu, mas continua muito alta, comparada à média brasileira, o que traduz a carência que o ensino cearense ainda tem. 
Com informações do O Povo e Agência Brasil 
Postar um comentário