terça-feira, 15 de maio de 2012

Elmano rebate Ciro Gomes e diz que educação de Fortaleza “melhorou e muito”


Destaque da edição desta segunda-feira (14) do Jornal da Cidade, o atual secretário de Educação de Fortaleza e pré-candidato do Partido dos Trabalhadores à Prefeitura do Município – Elmano de Freitas –, concedeu uma entrevista exclusiva ao Portal Cnews.
Elmano demonstrou otimismo com a situação de Fortaleza após oito anos de administração petista. “Fortaleza voltou ao cenário nacional como a cidade que se destaca, porque foi a que mais criou empregos no Nordeste. Foram 500 mil empregos de carteira assinada nos últimos anos. Somos o maior destino turístico do Nordeste, fizemos de Fortaleza a cidade de maior investimento público da nossa região. Passamos de Recife e devemos ultrapassar Salvador quanto ao PIB da nossa Cidade. Reduzimos a mortalidade materna e infantil em cerca de 50% e os exames do Ministério da Educação e da Secretaria de Cultura apontam resultados muito positivos. Mas, ao mesmo tempo, Fortaleza é uma cidade com uma segregação social ainda muito grande e exige projetos políticos no futuro que aprofundem e continuem a integração da Cidade e diminuam a desigualdade social. Isso exige políticas sociais e investimentos públicos que garantam as grandes obras para a Copa do Mundo de 2014”, declarou.
Sobre a disputa interna do PT, Freitas enalteceu suas qualidades. “Entre os pré-candidatos, eu me considero o que melhor conhece a máquina pública de Fortaleza e que melhor conhece a periferia da Cidade e suas demandas. Me sinto preparado pra administrar a quinta capital do Brasil e creio que acumulei experiência administrativa de 23 anos no Partido dos Trabalhadores, o que me dá consistência política e administrativa para governar a Cidade com os desafios que tem”, afirmou.
Consciente do grave problema de mobilidade urbana em Fortaleza, que recebe mais de quatro mil veículos por mês nas ruas, o petista foi enfático ao anunciar que a Cidade não seguirá a mesma linha de São Paulo caso ele seja eleito. “Rodízio de veículos não faz parte do planejamento. Fazem parte intervenções em avenidas, construção de viadutos, túneis, aumento de ciclovias e uma discussão de descentralização econômica de Fortaleza, que permita que o cidadão more perto do trabalho para diminuir o fluxo de carros”, explicou.
Caso sua candidatura seja oficializada pelo PT e, após isso, vença a eleição deste ano, Freitas assumiu o desafio para a saúde de Fortaleza. “A avaliação que nós fazemos é de integrar a Cidade e diminuir as desigualdades sociais. E um desafio nacional, que é a saúde pública. Os planos de saúde da Cidade têm dificuldade de atender sua clientela, assim também está sendo a saúde pública de Fortaleza, como é em todas as capitais do Brasil”, disse.
Ciro Gomes X Elmano de Freitas
Nem mesmo foi definido pelo Partido dos Trabalhados como candidato oficial, Elmano já se tornou o protagonista de uma polêmica com o ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB). O irmão de Cid Gomes afirmou, em março deste ano, que a educação da Capital está no 180º lugar entre os 184 municípios cearenses, além de ter dito que o ano letivo de 2011 começou apenas em setembro.
Sereno em seus comentários, Elmano, que responde pela Educação fortalezense, foi enfático ao rebater os índices explicitados por Ciro Gomes. “Diferente do apresentado, os dados, quando comparados com os de 2004, Fortaleza tinha 23% de suas escolas em níveis desejado ou suficiente. Em 2011, esse número aumentou pra 83% e reduzimos a zero o número de escolas que não conseguem educar nossas crianças. Saímos de uma situação de carência de professores para termos os professores com um quinto de planejamento e formação. Temos uma rede com 60% de professores com especialização e uma valorização do magistério que implicou em um aumento de compra dos professores em cerca de 100%, já retirada a inflação. Portanto, os resultados práticos de provas aplicadas às nossas crianças, seja pelo Ministério da Educação seja pela Secretaria de Educação do Estado, apontam que a educação de Fortaleza melhorou e muito”, concluiu.
Fonte via CNEWS.
Postar um comentário