domingo, 11 de janeiro de 2015

EM ENTREVISTA AO BLOG ACONTECE, JOE AGUIAR, FALA QUE A VEREADORA BRUNA AGUIAR CONTINUA NA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE VEREADORES ATÉ SAIR SENTENÇA JUDICIAL.

Logo após informações de que a eleição para a nova mesa diretora da Câmara de vereadores ocorrida dia primeiro deste mês foi nula conforme determinação judicial, procuramos conversar sobre o assunto com a vereadora Bruna Aguiar no sentido de esclarecer os verdadeiros fatos a população martinopolense. Quem gentilmente nos atendeu foi o esposo da vereadora o empresário Joe Aguiar, o qual nos concedeu a seguinte entrevista:
  
ACONTECE – Olá Joe boa tarde, gostaríamos que o senhor explicasse melhor os fatos ocorridos no início deste ano em relação a eleição da nova mesa diretora da Câmara de vereadores de Martinópole o qual foi destaque na imprensa virtual e emissoras de rádio.

JOE – Boa tarde. Dia 30 de dezembro alguns vereadores protocolaram uma chapa com o vereador Ney Monte como vice, essa chapa sendo eleita, na falta do presidente quem assumiria era o Ney, como medida cautelar a vereadora Bruna Aguiar pediu informações ao judiciário no dia 31 se essa chapa era regular, pois já existe um processo impedindo o Ney de ser presidente.

ACONTECE – Por que a eleição ocorrida dia primeiro de janeiro que elegeu os novos membros da mesa diretora da Câmara é considerada invalida?

JOE – Porque após orientação do judiciário, dia 31 a vereadora Bruna enviou um ofício para todos os vereadores informando sobre os fatos e cancelando a sessão do dia primeiro.

ACONTECE – Quais ações legais permitiram que pessoas abrissem as portas da Câmara de vereadores haja vista que havia uma recomendação para que se aguardasse um parecer do judiciário?

JOE – No dia primeiro de janeiro cinco dos noves vereadores fizeram uma sessão irregular e colocam cadeados nos portões impedindo o funcionamento da Câmara nos dias posteriores. E como estava na justiça a vereadora e então presidenta Bruna Aguiar decidiu não adentrar no prédio por entender que seria um afronto ao judiciário. Eles já fizeram o contrário, entraram sem nenhuma determinação judicial. Nesta sexta-feira a justiça determinou todos os atos deles nulos e tornando a Bruna presidente.

ACONTECE – Segundo informações divulgadas na impressa os cinco vereadores de oposição entenderam como uma tentativa de impedir a eleição da nova mesa diretora da Câmara. O que você diz sobre isto?

JOE – Em nenhum momento a Vereadora Bruna Aguiar disse que não faria uma nova eleição, estava aguardando um parecer do judiciário para fazer-la

ACONTECE – A partir de agora qual a posição da vereadora e presidenta da Câmara?

JOE – A Bruna vai aguardar a sentença da justiça.

ACONTECE – Vimos alguns comentários do Vereador Ney Monte no Facebook, um deles dizia: - “Desviar a atenção!!! Antigas manobras…”. O senhor tem algo a dizer a esse respeito?

JOE – Sobre o comentário do Ney, entendo isso como uma maneira de plantar uma dúvida na cabeça dos cidadãos martinopolenses, insinuações sem fundamentos e meramente irresponsáveis.

ACONTECE – Qual a mensagem que você deixa aos martinopolenses?

JOE - Pode toda população de Martinópole ficar tranquila que a presidente Bruna Aguiar tem o maior interesse em estabelecer a ordem e a tranquilidade, tudo com a bandeira da democracia, legalidade e justiça.

Entenda mais clicando Aqui


Postar um comentário