segunda-feira, 31 de agosto de 2015

"É UMA ALEGRIA VER A EMOÇÃO DAS FAMÍLIAS", DIZ GOVERNADOR

O governador do Ceará, Camilo Santana, ao lado da presidenta Dilma
 durante entrega das chaves de empreendimento do Minha Casa Minha Vida
 no município de Caucaia
O governador do Ceará, Camilo Santana, destacou, nesta sexta-feira (28), a oportunidade que o Programa Minha Casa Minha Vida tem de tornar realidade o sonho da casa própria. Ele ressaltou também a tranquilidade que proporcionada às famílias contempladas.

Camilo participou, junto à presidenta Dilma Rousseff, da entrega simultânea de 2.701 moradias, que ocorreu nos municípios de Caucaia (CE), Fortaleza (CE), Maracanaú (CE), Castanhal (PA), Bom Conselho (PE) e Colinas do Tocantins (TO).

“Para mim é uma alegria ver a emoção das famílias de realizarem seus sonhos, que é ter uma casa própria para morar, ter um teto para colocar seus filhos, ter a segurança de sair do aluguel. Famílias que moravam em lugares insalubres, lugares em que não havia a menor possibilidade de morar com dignidade”, frisou.

Segundo Santana, esse é o sonho de muitas gerações que hoje se torna realidade. O município de Caucaia recebeu hoje mais 480 unidades habitacionais do programa. Ainda no Estado do Ceará, foram entregues 368 empreendimentos do Residencial Cidade Jardim II, em Fortaleza, e 312 moradias, em Maracanaú, do Residencial Demócrito Dummar I. Ao todo, no estado, foram entregues mais de 55,7 mil unidades, beneficiando mais de 220 mil pessoas.

Em seu discurso, o governador falou sobre as obras que estão sendo realizadas no estado para resolver o problema da seca. Segundo ele, mesmo com os reservatórios baixos após quatro anos de seca, a região metropolitana não tem problema de abastecimento de água, graças à construção de 250 km de canais que trazem água à capital.

Além disso, o governador abordou também as obras da integração do Rio São Francisco, do trecho de Salgueiro (PE) a Jati (CE). “Se Deus quiser, a água do São Francisco vai chegar ao Ceará no segundo semestre do ano que vem”, mencionou.


Fonte: Blog do Planalto

Postar um comentário