quarta-feira, 21 de junho de 2017

CAMOCIM: POLICIA DESCOBRE COM ANTECEDÊNCIA AÇÃO DE BANDIDOS E FRUSTRA ASSALTO A EMPRESÁRIO

No final na manhã desta quarta-feira, 21, a Polícia Militar conseguiu frustrar um assalto a um empresário da cidade de Camocim. As informações é que um casal entrou no escritório do empresário Eduardo Albuquerque, na loja “Edu Construções”, na Rua José de Alencar, Centro, se passando por cliente e interessado na compra de uma casa. Logo em seguida entrou dois indivíduos e foram logo anunciando o assalto. Bastante agressivos, os elementos amarraram o empresário e seus funcionários e o ameaçaram lhe matar caso não entregasse o dinheiro. Nesse momento a vítima disse onde estava o dinheiro aos bandidos. Os elementos pegaram a quantia ainda não informada e ao saírem do escritório se depararam com alguns policiais militares.

Para o azar dos criminosos, a informação do assalto ainda em andamento chegou até a polícia e no momento em que a dupla saía do escritório com o dinheiro se depararam com os pm’s da FTM, Ronda e FTA. Ao verem os policiais os bandidos atiraram e teve início uma troca de tiros quase no cruzamento das ruas José de Alencar com José Maria Veras, no Centro. No tiroteio um dos bandidos foi atingido vindo a cair sem vida e o outro foi imediatamente capturado.

Diligências

Sob o comando do Major Dias, as diligências continuaram e os pm’s prenderam outro elemento que estava dando apoio à dupla em um pálio cinza escuro. Quase na mesma hora os policiais conseguiram prender outro elemento que também dava apoio em uma moto Honda Titan preta. Momentos depois os pm’s estouraram uma casa localizada no bairro da Olinda- Camocim, que servia de apoio para os bandidos. Nesta casa a polícia deteve cerca de oito pessoas suspeitas de darem apoio logístico aos elementos, dentre eles um taxista de fora que estava a serviço dos bandidos. Ainda no bairro da Olinda os policiais prenderam um elemento suspeito de ter arquitetado o assalto e fornecido as informações do empresário aos bandidos. Cerca de quatro ou cinco elementos envolvidos direto e indiretamente no assalto são de fora.

Cerca de 12 pessoas (de Camocim e de fora) foram conduzidas para a DPC para realização dos procedimentos cabíveis.

Com informações Blog Camocim Policia 24hs.
Postar um comentário